83 3044 1000

João Pessoa

Olá, como você se chama?

Como conseguir a revisão do meu benefício de aposentadoria?

Por Lucas Grisi (Advogado Associado)

Existem inúmeros fatores que contribuem para o direito à revisão da sua aposentadoria. Sendo assim, para ter direito a revisão do benefício é necessário que ele seja calculado erroneamente, como ocorre nas situações abaixo:

1. Reconhecimento de período especial:

Quando o INSS não reconhece aquele período que você trabalhou em exposição a algum agente nocivo. Isso pode aumentar o tempo de contribuição do segurado até o requerimento do benefício, podendo aumentar o valor da sua renda;

2. Computo de período comum:

Quando, por algum motivo, determinado vínculo laboral não consta no seu CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) e o INSS acaba não somando à sua contagem de tempo. Esse cômputo pode acarretar o aumento do benefício do segurado, em razão do aumento do tempo de contribuição;

3. Benefício mais benéfico:

Quando o beneficiário tem direito a uma renda melhor, mas o INSS concede um benefício de valor menor;

4. Revisão em virtude de reclamação trabalhista:

Quando, por meio de uma reclamação trabalhista, o segurado consegue o reconhecimento de determinado período trabalhado que não foi utilizado no cálculo da sua aposentadoria. Assim, com o aumento deste tempo de contribuição, o segurado conseguirá aumentar o valor do seu benefício.

Por fim, não menos importante, o beneficiário deverá observar o prazo de 10 (dez) anos, a contar da percepção do primeiro mês do benefício, para providenciar o requerimento da revisão do seu benefício do INSS. 

Portanto, se tiver dúvidas se tem direito a revisão de sua aposentadoria, procure um advogado especializado em direito previdenciário.

Posts Relacionados

Publicações

Medida Provisória cria o Programa Emprega + Mulheres e Jovens

17 Maio 2022

Por Rummenig Lucena (Advogado Associado)

Publicações

Medida Provisória altera lei que regula o teletrabalho (home office)?

12 Maio 2022

Por Thiago Leandro (Advogado Associado)

Publicações

Você sabia que algumas situações dispensam a carência para ter direito ao auxílio-doença?

11 Maio 2022

Por Mônica Danielle (Advogada Associada)

Publicações

O filho de 21 anos e estudante continua recebendo a pensão por morte?

13 Abril 2022

Por Allana Lopes (Advogada Associada)

Publicações

Você sabe quem é o “super idoso”?

5 Abril 2022

Por @jorgeluiz353 (Advogado Coordenador)